quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O ciclo dos 20 anos.

Já ouvi falar em algum lugar que a moda é cíclica e ela costuma relançar tendências que foram lançadas a cerca de 20 anos. Não faço a mínima idéia do porquê disso, mas se eu souber vou ocupar mais um espaço do meu cérebro com futilidades. 

Enfim, a 20 anos atrás no skate eu sequer tinha começado a andar, mas sei que todo mundo já estava usando fitas mini-dvs pra filmar e o formato VHS já era passado. Em 2012 eu escrevi algo do tipo (Stuart - fitas perdidas mini DV) e postei uma edição minha andando de skate onde escrevi: "Depois dá uma olhada no que algumas marcas tem feito em relação a esse efeito nostálgico, postando edições que parecem ter sido filmadas em VHS ou que usam filtros pra emular o efeito. É o caso da marca Palace: http://palaceskateboards.com/site)."

E como no Brasa as coisas americanas não chegavam tão rápido (e ainda não chegam em certos casos), quando filmávamos nós mesmos andando de skate por volta de 96 ou 97, usávamos filmadoras VHS emprestadas de alguém que não andava de skate. E posso dizer com toda a certeza da experiência que essa nostalgia que rola hoje em dia com as VHS é um pouco exagerada! A filmadora era pesada pra caralho, a fita as vezes embolava e a imagem ficava toda fodida, mofava... e, principalmente, era sinistríssimo de editar! Tinha que ter 2 vídeos cassetes e fazer uns esquemas de fiarada que eu nem me lembro como era. Dava play em um e esperava chegar na parte que você queria começar o clipe e dava rec no outro. Pausava e ia nessa. E o áudio? Essa técnica devia ser tão filha-da-puta que eu nem me lembro e nem quero me lembrar como era pra colocar uma música junto do áudio do skate.


Tudo isso é pra dizer que eu prefiro mil vezes pegar um telefone celular de hoje em dia, tacar um app que simula uma imagem tosca de VHS, e filmar skate. Acho que na real só que não teve esse perrengue analógico vai preferir comprar uma porra de uma filmadora VHS pra sair por ai filmando skate com 3 toneladas no lombo e depois capturar, editar, etc.

Pra quem é da geração X como eu, ou tem preguiça de levar o hipsterismo ao extremo, aconselho baixar esse app VHS CAM (só pra IOS): https://itunes.apple.com/us/app/vhs-camcorder/id679454835?mt=8


Dá uma olhada no resultado:




Pronto! Pra você que viu milhões de vídeos de skate em VHS, gravado da gravação da gravação da gravaçao em SLP, já dá pra se sentir voltando no tempo com aquela nostalgia sadia, sem precisar sofrer com a realidade de 20 anos atrás ou mais. Aproveita e segue nóis lá no Insta: @sem_fins