segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Resultados do 1º Campeonato de Skate Petropolitano de 2012

Em primeiro lugar, gostaria de dizer que organizar um campeonato de skate sem ganhar nem um tostão é uma merda. Por isso mesmo eu aprecio e valorizo muito o trabalho dos muleque que organizaram este que rolou antionti: Renan Carvalho, Rafael Shuat, André Paiva e Frederico Assis. Ah, e o Yuri Moura, que não é skatista mas tá tentando fazer pela juventude de Petrópolis o que poucos têm a coragem e a dedicação de se proporem a fazer.


Esse olhar de preocupação é comum aos que se prestam a organizar um campeonato de skate


A chuva fez parecer que o campeonato seria um desastre de público, opinião pré-estabelecida após anos de experiência e vivência em Petrópolis, cidade conhecida pelo marasmo e pouca dedicação dos moradores a eventos sociais fora das salas de tv. Porém, demonstrando mais uma vez que a cidade está mudando de verdade e que a cabeçinha de porcelana dos cidadãos petropolitanos está se abrindo, meu pré-conceito foi substituído pela constatação de um grande público, especialmente para um dia de chuva e para um local não tão acessível a transeuntes desavisados.


Mais um campeonato com obstáculos construídos pelos próprios skatistas locais.


O campeonato em si transcreveu-se como de costume: vários skatistas sedentos por premiações; manobras sendo executadas umas em cima das outras, no melhor estilo faroeste (vence o mais rápido); total falta de respeito de alguns participantes para com os companheiros nas diferentes baterias e categorias (amadores andando na bateria dos iniciantes e vice-versa); skatistas reclamando o tempo inteiro com o narrador do evento (esse que vos fala), sem levarem em conta o fato de que quem narra não julga porra nenhuma; competição disfarçada de confraternização (para parecer aos leigos que o "espírito do skate" não morreu) e muitos outros fatos dignos de nota, mas que causariam ainda mais desgosto ao leitor impaciente deste blog.


Distribuição de (re)VISTAS pra galera. Mais uma prova de que o tátil ainda é muito bem-vindo.


Deixando de lado as percepções de um skatista que nunca gostou de campeonatos pelo cunho competitivo destes e pelo provincianismo de alguns de meus conterrâneos, que agem como tietes de qualquer skatista que não tenha em sua certidão de nascimento Petrópolis como cidade natal, o evento teve saldo positivo, uma vez que proporcionou alegria aos skatistas locais e, fato inerente a todo campeonato de skate, fez com que estes mesmos vislumbrem novas possibilidades nos seus futuros, seja a nível de possibilidades de manobras ainda não imaginadas, ou de um aditivo de esperança àqueles que buscam um futuro no skateboard nacional.



Muleque que mais andou no campeonato. Coincidentemente, era também o que possuia a mais extensa lista de apoios.


Gostaria de acrescentar que estes últimos motivos citados são os únicos que posso imaginar serem positivos em campeonatos como esses que a gente costuma fazer aqui na cidade. Em geral, os campeonatos passam e os skatistas permanecem na inércia e no limbo causados pela desestruturada e desmotivada cena local. A diferença de nível de skatistas que têm apoio e/ou locais adequados para a prática constante foi a prova disso, como tem sido nos últimos 15 campeonatos locais que me recordo. Por mais que nós saibamos do potencial dos nossos amigos skatistas locais, não é só de talento e dedicação que se forma um skatista de nível.


O que é pior: Não ter um time de skate da loja? Não ter nem um skatista apoiado pela loja? Ou ter pedido pro caixa da loja fazer o cartaz? Você decide, mas que a premiação foi boa, isso temos que admitir.


Espero que esse texto não desmotive ninguém. Pelo contrário: que sirva de alimento para novas mudanças, seja pelo ódio à minha pessoa ou pela vontade de ser do contra, tão comum a nós, skatistas; ou simplesmente pela competitividade de querer provar que estou errado em minhas observações. A proposta é gerar um questionamento sobre o que fizemos, o que fazemos e que precisa ser feito. Que venham novos campeonatos, muitos, mas que no dia seguinte a tal evento os skatistas que tenham optado por participar possam estar treinando para o próximo em um lugar foda pra andar de skate, e não em uma mordaça construída por senhores feudais para silenciar os servos.


Nossa senhora, que veneno!


Agradecimentos aos lojistas locais e marcas que acreditaram no evento, em maior ou menor escala, mas que acreditaram de uma maneira ou de outra (a premiação foi excelente):

Kilôko (http://www.kiloko.com.br)
Spaço Surf
Sapateando (www.sapateando.com.br)
Feeling Clothing (feelingclothing.blogspot.com)
SSFL (essa porra aqui)
Nike SB (http://www.nikeskateboarding.com)
Gatorade (www.gatorade.com.br)

E a algumas pessoas que ajudaram nos bastidores:

Pirikito Sem Asa
Vitinho Puro Osso
Rodrigo CB
Gregori Bastos Alecrim

A todos os skatistas locais que ajudaram direta ou indiretamente e aos que vieram de outras cidades para participar ou prestigiar o evento!


Fred e Paul Rodrigues: contrastes de duas realidades.


As fotos aqui postadas são as que achei interessante compartilhar. Não necessariamente de manobras, mas de fatos marcantes ao meu ver. Se quiser outras fotos de suas manobras, ou de seus amiguinhos dando a bunda um pro outro, procurem em outros lugares, beleza?

4 comentários:

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu estava la disse...

O titulo do post, se eu nao me engano é algo sobre Resultado do Campeonato,certo ?
A unica coisa que eu nao vi foi o resultado,será que porque nunhum dos seus skatistas teriam o nome escrito ali?!

E voce disse algo sobre dando a bunda?Nao sei porque disse isso,o que eu mais via era voce perdendo ate a voz(ou nao querendo dizer a manobra,pra passar talves despercebido)e os olhos do público e de seus "pupilos" brilhando ao ver as manobras executadas pelos skatistas.

Sei que voce excluira esse comentario,porque você mesmo diz que esse blogzinho é pra expor suas opniões,certo?A minha opnião não deve ter importancia,e você nao vai querer que as pessoas leiam isso ne.

Egocentrismo + Falta de Humildade + Falta de Companheirismo + To nem ai pro próximo + Eu sou o unico certo = "Você"

Eduardo Stuart disse...

Você tem tudo a ver com o seu apelido mesmo...

Wilian Pequeno disse...

É isso ae rapezes.
O cara falou e disse,
Se querem as fotos de alguem dando a bunda eu nao sei onde encontrar.
o Stuart vai ficar com todas pra ele.Isso é sacanagem :/ poxa vida >< HAHA.
Mas andando de skate,acessem o face do camarada Rodrigo Santana ou o Flickr.Ele disponibilizou todas la.

http://www.facebook.com/media/set/?set=a.246549465419784.59162.100001941962721&type=3