sábado, 17 de julho de 2010

Brasil, o pais PICA!

Antes de mais nada, quero dizer que essa e' talvez a gíria mais escrota de toda a historia da humanidade, mas como eu sou um cara pica grossa, eu tenho a moral de escrever...

Enfim, estou passando uns tempos aqui nos EUA, mais precisamente na antiga meca do skate mundial dos anos 90, San Francisco. E dentre tantas diferenças que vejo entre esse lugar e o Brasil esta o fato de que aqui tem muito skatista. Mas muito mesmo. E nao so skatistas andando bem, no corre, com role fluido; mas muitos malucos nada a ver com o estilo padrao andando de skate pelas ruas. Cara velho, novo, mendigo, riquinho... tudo mesmo. A cada instante que voce pisa na rua voce se depara com um filho da puta andando de skate.

Me lembro que no Brasil, ou pelo menos nos lugares que fui ja andando de skate, eu nao via tanta gente assim na rua. E, principalmente, na minha cidade, todo mundo que eu vejo andando de skate na rua e' amigo meu ou conhecido. Nao porque a cidade e' pequena, mas porque tem poucos skatistas comparando-se com aqui. Mesmo estando agora numa cidade que tem uma forte historia no skate, a diferenca e gritante mesmo comparando-se a Sao Paulo das vezes que fui la.

Isso me leva a refletir no porque disso e o que me vem a mente e' que no Brasil ou o cara manda as manobras ou ele para de andar de skate. Ou o cara e' o PICA no role', ou ele nao serve pra fazer parte do skate. Voce le nas revistas nacionais materias sobre os pros, sobre os amadores ou sobre os muleques novos que tao na pegada para serem os proximos picas do skate. E' logico que isso e' o que faz o skate evoluir, mas o skate tambem precisa de quem nao ta mais nessa pegada e que pode acrescentar de alguma forma. So' que isso no Brasil so' rola com os caras que algum dia tambem foram PICA no skate. Me parece que no Brasil so' os picas prevalecem.

Eu conheco uma galera absurda que parou de andar. Na verdade, a maioria das pessoas que andava quando eu comecei a andar parou. Na verdade absoluta, so' eu continuei mesmo! Caralho...
Mas o que me parece e' que ou voce anda bem ou voce para, porque ou voce arruma uma parada do skate ou nao adianta andar de skate. Ou voce arruma uns patrocinios ou voce nao serve pra continuar andando de skate. Que tipo de diversao e' essa? Sem pelar saco de gringo, mas aqui eu vejo que a galera mais velha tambem anda por diversao mesmo, porque se nao fosse por isso os caras parariam tambem. Ou seja, a galera no Brasil nao se diverte andando, eu acho. Se diverte no inicio, quando comeca a andar, quando anda com os amigos, com a galera, aprendendo manobras. Mas quando a chinela da vida comeca a cantar e neguinho comeca a ter que se virar, o skate vai la pra casa do caralho. Nunca sobra tempo pro role, mas neguinho fica aumentando a panca de chopp todo fim de semana...

Nao vou ser eu que vou mudar isso e nem acho que isso vai mudar tao cedo, mas se voce e' muleque e ta na pegada do role, querendo andar benzao, evoluir e se pan ainda conseguir uns patrocinios, isso e' muito bom, tem que correr atras mesmo. Mas se nao rolar, voce nao precisa parar de andar de skate. Continua dando seu role por diversao, ou vai filmar os amigos que ainda estao na pegada, estar em contato com o skate, sei la. Voce nao e' brasileiro e nao desiste nunca? Nao e' PICA? Entao vai desistir assim tao facil? Peidao...


5 comentários:

Renan disse...

É vejo muita gente desistindo...

Breno Negreiros disse...

Gostei do ponto de vista.

Anônimo disse...

Jovem

Tu so pode ser viado ou tenta muito e nao consegue.

Ate mais ver, O SEM ASA.

Obs. Nao esquece de trazer o meu video-casette, por favor!

Henrique Arthur disse...

Todos que começaram comigo pararam, sem exceção, tudo por causa dos corre de procurar trampo, faculdade, namoro, outros quizeram virar playba bombadão e andar de carro no centro da cidade...
Agora só eu ando aqui nessa porra, o resto são tudo esses muleque de merda que nem soam andando, só pagam de skatista...
É isso, ainda me perguntam se quero ter patrocínio, ser profissional, vsf! Quero só andar de skate! Me divertir em cima do carrinho e ja era!

Anônimo disse...

mano todo mundo quer andar para ser proficional.
o meu ponto de vista é ande por lazer e diversão mais se você conseguir patrocinio melhor ainda mais nunca desista porque não consegue. :D
pra mim andar de skate é bater palmas para um amigo que aprendeu uma manobra nova e dar a mão para um que caiu tentando e incentiva-lo a tentar denovo ^^