quarta-feira, 3 de março de 2010

Psicodelia e Influências Indígenas


Um dos fenômenos mais importantes agregados ao skate é o fato dele proporcionar a interação de indivíduos provenientes dos mais variados e díspares ambientes sociais. Unidos pelo interesse em comum, pobres e ricos, brancos e negros, ignorantes e cultos, artistas e burocratas interagem e trocam experiências que talvez nunca teriam a oportunidade de trocar se não houvesse esse elo que o skate representa.

Andando de skate a mais de uma década em Petrópolis, conhecí pessoas que provavelmente não conheceria se seguisse apenas o rumo da vida "normal", para o bem e para o mal, lógico. E também muitas vezes deixei de conhecer mais a vida das pessoas por estar mais preocupado em andar de skate do que em qualquer outra coisa...

Por esse motivo, nem fazia idéia que um cara que anda de skate na mesma pista que eu ando a anos faz algo além de andar de skate e se parecer pra caralho com o Rodrigo Gerdal!

Esse cara é conhecido pela galera por Sunk (que para ser sincero e filho da puta distraído, não sei se é um apelido, sobrenome ou seu alter-ego espalhado pelos grafites na cidade) e brotou do nada, pelo menos para mim, com pinturas muito legais, com uns toques de grafite, arte marajoara, uma coisa meio indígena, meio Romero Britto. Achei muito interessante o trabalho do cara e ao mesmo tempo uma grande surpresa descobrir algo assim no meio do skate da nossa cidade, provando que tem gente fazendo acontecer aqui. Tanto é que vai estar rolando sua primeira exposição entitulada Psicodelia e Influências Indígenas, nessa Sexta-Feira, dia 5 de Março, a partir das 19:00h no Centro de Cultura Raul de Leoni.

Quem quiser conhecer mais a arte do Leandro Sunk, dá uma olhada nos endereços:

www.fotolog.com/sunkarte
http://www.sunk.com.br/
www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=6614295422417376059

E se você viu e se amarrou muito e quer entrar em contato pra saber como adquirir alguma peça, ou apenas passar um trote mesmo, ligue: (24)2245-9766 ou (24)92196656.

E pelo amor de Jagga, apareçam! Prestigiem, curtam, saiam de casa nessa Sexta, que deve ser chuvosa, e parem de reclamar que nunca tem porra nenhuma pra fazer nessa cidade!

Obs: A parada do trote é zuera hein galera! Não vai ficar gastando o dinheiro da tua mãe só pra perturbar a vida dos outros...

2 comentários:

Luis Eduardo Campagnoli disse...

Caralho, maneiro. Também nem fazia ideia disso.
Sexta vou até chegar lá mermo, e vou dar uma divulgada no meu blogue também.

shadow disse...

é nóis que ta hamelão

reza a lenda que o nome SUNK foi dado quando uns presidiários pegaram ele tava "agofano o ganso" ta ligado?

hehe mas brincadeiras a parte....quanto mais divulgarmos a cultura na cidade melhor vai ser nao para nós mermos mas sim para a cultura,o que geraria mudanças futuras na visão fechada desse povo BBB e globo da vida!

skate é arte skate é vida!

Peterson Ò_óV