segunda-feira, 15 de março de 2010

Por favor, pare de andar de skate...

O fim de semana do dia 7 de Março serviu como um refresco à minha memória de como é o skate hoje em dia, principalmente no Brasil e, mais especificamente ainda, em locais onde não há uma cena muito fortalecida.

Andando de skate quase que exclusivamente em minha cidade e vivenciando apenas a cena daqui, ficamos acostumados a andar de skate apenas para nos divertir, evoluir, filmar, encontrar os amigos e tentar dar uns sacodes na cena de vez em quando; mas basicamente para nos divertirmos. Afinal, do que se trata o skate?

Enfim, voltando ao dia 7 (Domingo), juntamos um pequeno grupo de amigos e fomos a um campeonato em uma cidade vizinha, depois de chamados milhões de vezes pelo organizador do champ. Fomos no Sábado para poder filmar nos picos locais que eu lembrava que eram bons e aproveitar um pouco mais a viagem do que só ir andar no champ. Conhecemos alguns locais e fomos andar juntos. Fatalmente, a uma certa hora da noite, alguém sugeriu fazer um game of s.k.a.t.e. só de brincadeira.

A gente sempre brinca aqui em Petrópolis e os games sempre rolam num clima de zueira total, um aplaudindo o outro, um tentando foder o outro com as manobras mais filhas da puta possíveis, mas tudo dando risada o tempo todo (tirando o Crim, é lógico). Só que brincando com os locais de lá o papo era diferente. Ninguém ria, ninguém zuava; era apenas mandar alguma manobra bizarra para detonar o outro. Além disso, roubar na contagem das próprias letras e pular a vez dos outros era algo que o pessoal de lá curtia muito, fato que me alertou sobre o que estaria por vir no dia seguinte, quando o game seria sério mesmo e valendo premiação em dinheiro...

Não vou ficar narrando tudo o que aconteceu no dia do campeonato. Apenas peço que assistam o vídeo de alguns games do campeonato e tirem suas próprias conclusões. Reparem sempre nas letras que os skatistas vão formando, uns de Petrópolis perdiam com S.K.A.T., enquanto uns do local perdiam para nós com S.K.A.T.E.B.O.



O que interessa é o seguinte: nós não temos nada em Petrópolis próprio para o skate a não ser uma mini ramp muito fodida, exatamente igual a eles. Me arrisco a dizer que eles tem mais picos de rua do que nós. Mas nós temos o espírito do skate de verdade e eles estão a procura do que a mídia impõe aos ignorantes, que são os frutos materiais que o skate pode trazer nos dias de hoje! Mesmo sem termos ido lá com esse intuito, ganhamos quase todos os games do dia, sem contar na beleza estética da execução das manobras, sendo que só não ficou 100% skatistas petropolitanos nas semis porque o pessoal mudou os adversários do homem-a-homem sem avisar a ninguém. Mesmo assim a final foi Gregori Alecrim e Wercules, ambos de Petrópolis.

Pode parecer papo de bicho grilo, cheio das teorias da conspiração, mas nessas horas eu vejo que o skate hoje em dia está ficando cada vez mais escroto, influenciado por uma mídia especializada que só visa o skate de resultados, que coloca na cabeça de vários skatistas Brasil afora que você só é skatista se for patrocinado, deixando de fora todo a liberdade, a diversão, a amizade, a espontaneidade, o engrandecimento do indivíduo enquanto cidadão que está vivenciando no seu dia-a-dia vários acontecimentos reais que ele nunca teria se não estivesse nas ruas.

Quantos skatistas você conhece qua ainda andam com mais de 30, de 35? "Ah, mas é caro continuar andando de skate depois de ter várias contas pra pagar" você diz. E eu digo que não é a falta de grana que faz o cara parar. Ele continua saindo pra biritar todo fim de semana pra esquecer que a vida é uma merda, gastando talvez mais do que se comprasse um skate novo a cada 2 meses. Falta de tempo? Essa não cola, a não ser que você seja um mega-empresário, e mesmo esses filhos da puta estão sempre fazendo coisas inúteis por aí, aparecendo em revista e o caralho. Nego para porque não gosta de andar de skate!!!

Pode falar o que quiser, mas eu não curto o skate mainstream de hoje em dia. Eu fico feliz é por saber que daqui a um tempo esses maluquinhos vão ter parado de andar e vão fazer qualquer coisa que estiver na moda no momento...

34 comentários:

Skate Essência disse...

Eles vão fazer outra coisa quando for moda, ou vao fazer outra coisa que lucre mais. $$$$
é uma pena mesmo, é dificil trombar com alguem da "nova geração" que não tenha esse perfil =(

Gregori Alecrim disse...

Tenho 27 anos, ando a quase uns 15...pra muitos pode parecer uma parada complexa, dedicar tanto tempo em cima do skate, sem ter um retorno financeiro. A maioria do pessoal que eu esbarro na rua que andava comigo quando eu comecei, faz questão de me mostrar o quanto ficou bem sucedido depois que largou o skate.Tipo mostrar o carro que conseguiu comprar, a mulher que conheceu depois que parou de usar a roupa um pouco mais larga ou ate mesmo onde começou a estudar depois que parou de andar. O cara sempre tem um argumento convincente pra ter largado o skate, e com um sorrisinho amarelo no canto da boca solta aquela clássica: ”E o skate? Ainda ta andando?” sempre na ironia, isso quando não lança o KO clássico pantaleão: “Po vou montar um skate esse mês pra mim! Vocês tão andando aonde?”. O cara precisa disso pra se sentir bem com ele mesmo. Mas lá na “bolinha do olho” da pra ver que o cara ainda queria poder dar as remadas enlouquecidas na rua, continuar com a sensação de voltar uma manobra com as 4 rodinhas no chão em simultâneo, e lembrar de como misterioso é essa porra de skate! A energia que carrega sua bateria pra conviver dentro de uma sociedade escrota onde você é o que você tem...eu tenho o skate, eu tenho meus amigos, eu tenho liberdade de andar de skate a hora que eu quero...patrocinio? Seria legal quando eu tinha uns 19 a 23 anos e não sobrava grana pra comprar peça. Hoje não é isso que me motiva andar. Você pode ter qualquer coisa que todo mundo tem e continuar andando de skate nem que for por uma hora ao dia. Agora se você quer ser mais foda que o mulequinho de 13 anos que anda umas 15 hs por dia pra também inflar seu ego nem tenta haha porque não vai dar certo.Fecho em tudo que o Stuart escreveu ai, torço pra moda do skate sumir, porque só restarão os verdadeiros, que fazem por amor, por diversão e por toda a vida.

Gregori Alecrim disse...

Mas em relação ao champ Três Rios..sem palavras, além de ter q evoluir pra caralho pra conseguir o que eles buscam falta evoluir pra caralho pra conseguir ser pelo menos respeitados...mas a vida ensina...
Paz!

Renan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago disse...

Po eu tbm concordo completamente com o Stuart e acho que o skate é muito mais do que ganhar dinheiro é vc ter a liberdade de andar a qualquer hr e curtir a cada manobra que a gente ou ate msm um amigo mande!
eu ja até parei de dar role um tempo mais nao porque eu achava skate modinha, mais pq eu quiz msm! Voltei a um ano e pouco e vou te falar que quando eu via esses fdps ai eles sempre falavam... ´´porra kustela bora andar``.... e é isso cara! amizade! sem contar que eu ficava louco quando via eles andando e eu não! mais voltei e msm se eu arrumar um trampo nao paro mais nao!
SKATEBOARD SEMPRE!

abraços ai!

Rafael Ribeiro disse...

Tenho 38 anos e ando desde 1984. Vivenciei várias fazes do skate e tenho certeza que essa piazada que está na batida de aparecer na mídia, correr campeonatos para ter glamour, fazer fotos, esses não vão estar andando daqui a uns 2 anos, no máximo. kkkkkkkk
Daniel Bourqui (vertialeiro da Lifestyle, 1986+ou-) disse certa vez: "não deixem o skate se tornar popular como o futebol." Olha aí a merda!!!!!
Skate na Globo? Onde chegamos? Isso é bom para quem?
Hoje, quaquer mauricinho paga de skatista.
Hoje, o cara não é skatista porque tem no sangue, ele é skatista porque compra um e isso basta. Hoje se compra o lifestyle.
Mas o que mais me indiguina são os caras que pararam de andar na década de 80 e voltaram agora porque o skate tá na moda, tá bonito, quase coisa de surfista.
Teve neguinho que foi respeitado na década de 80 me dizendo que voltou a andar porque assistiu o filme Dog Town. Quer dizer que se ele tivesse visto um filme pornô de gay ele estaria dando a bunda agora? Eu olho eles e penso: "voltou agora que tá facinho? Tá bonitinho com esses vans, bem na moda..."..Tua esposa empresária e suas amiguinhas vão comentar tuas fotos no orkut: "Meu marido, que lindo!!!!" kkkkkkkkkk
Eu sofri e ainda sofro muito preconceito por ter o skate como opção. Não tenho muita saudades dos anos 80,acho que "old is cool" para quem não viveu (em todos os sentidos)na época. Mas, pelo menos naquela época a coisa era mais honesta e quem era, era.
FUCK FACKERS!!!!!!

Parabéns pelo blog!! Continuem sendo essa ilha de terra e idéias firmes nesse mar dsem sal...

Thiago "gorgon" disse...

Achu que só não concordaria com o texto do Stuart quanto o comentario do Crim quem se encaixa no perfil dos caras !

jocelinomao disse...

os caras convidam voces para virem na cidade deles e depois voces saem metendo o malho. E aproposito um figer flip de um muleque com meia madeira é muito mais manobra do que um hard flip que nem voltou

jocelinomao disse...

gorgon mamo véiiiiiiiiiii

jocelinomao disse...

E parafasiano a Perft Line skate+amizade ,então quem não é amigo não skatista

Eduardo Stuart disse...

Eu agradeço a hospedagem que nos foi oferecida, mas isso não faz com que o campeonato tenha deixado de ser roubado. Foi roubado porque foi mal julgado, mal decidido e a premiação que disseram que haveria não houve. Eu nem corri o campeonato porque eu não tenho essa pilha, mas tem gente que tem e/ou que precisava da grana que foi anunciada. Isso não conta? Eu fui o primeiro a falar pra gente sair fora antes de dar toda aquela confusão no final, porque pra mim aquilo não valia a pena. Fiz questão de não colocar o nome da cidade pra não queimar ninguém, mas o filme daí já estava queimado muito antes, a gente é que não sabia. E quanto ao finger ter sido mandado com meio shape, isso não é critério de melhor manobra, senão o nome seria "melhor manobra com o skate mais fodido". Isso ai que vocês querem fazer é caridade, não campeonato. Na boa galera, pior do que a gente falar mal do que foi feito de errado é vocês ficarem tentando inverter o jogo...

Eduardo Stuart disse...

Ah, e a gente também tem o hard filmado, no caso de alguém que queira conferir se voltou ou não...

Gregori Alecrim disse...

Amigo que é amigo não rouba outro amigo!
Amigo de verdade reconhece quando errou, e com humildade pede desculpas pelo vacilo...E não tira a manobra do parceiro...Ta filmado pra quem quiser ver...Se pra ser skatista eu tenho que concordar com um quilo de palhaçada que eu to lendo aqui então prefiro não ser, me mantenho na minha posição de otário e fingido como já me chamaram...Mantenho firme minha posição "Evolução é Uma Coisa"...falta pra caralho!
Agora lavar roupinha suja na internet essa historia agente conhece de cór, quem tem cú tem medo e treme bota a cara Mister M!

Pequeno disse...

Não é questam de inverter o jogo
é questão de isso ser altamente,anti skate
pelo campeonato ser mal julgado a não
vc num disse que skate é andar,amizade
ai prq foi mal julgado
vc lança na rede,com video e tudo mal
criticando de todas as formas a nossa cidade?
inverter jogo
chamaria isso que vc ta fazendo
que querer defamar a nossa cidade
por um simples game / best mal julgado

Pequeno disse...

em relação a premiação não foi dito que seria toda a grana da inscrição,
prq ao contrario que vc disse agente não tem estrutura,e precisamos de obstaculos,parte do dinheiro foi como premiação mais a mochila
e aoutra parte(pouquissima por sinal) foi para fazer novos obstaculos,pra treinarmos e consequentemente quando skater de fora viesse terem onde andar!

PEQUENO disse...

e a questaõ do best,po que isso
achie que tinha sido resolvido na hora,tnato que o cara do hard ganho premiação e tudo,o importante ão foi ter voltado a manobra e a galera ter gritado " OOOWW",então,acho que ta rolando uma questaõ de nomenclatura se o hard ou o nollie heel ou o flinger venceram,o maneiro é que conseguiram voltar as manobras e que os dois levaram a premiação .
ABRAÇOS

angelo disse...

e o meu Hospital flip? ninguem deu valor ,mais que sabe tbm ?que se foda a porra toda ,o importante foi eu ter sentido a vibe de ter voltado.
quero mais é me divertir e continuar dando meus rolés todos os dias com os amigos.
Paz e muito skate pra voces todoss

Pequeno disse...

é isso ai angelino,apenas pelo prazer de ter voltado a manobras
ps: nos 8 por sinal.

Croque disse...

Ai serim memo, desculpem o modo em qual escrevi esse comentario aqui MARRRRRR.... PORRA SE OS MANOS DE LA QUE CORRERAM O CHAMP, O MANO QUE JULGO, E A GALERA TODA A VOLTA FOSSEM HUMILDES MERMO, TERIAM CHEGADO AI NO BROG DIZENDO QUE ROLO MESMO OS ERROS E PA NAO METENDO MO MARRINHA!!!!
Po So estamos querendo mostrar que fomos DESCARADAMENTE SURRUPIADOS no champ, nao metendo o MALHO que nem foi dito ai.
ENFIM... VAMO ANDA DE SKATE AI E PARAR DE CHORAR CAMBADA !!!

Eduardo Stuart disse...

Que que é um "hospital flip"??? É uma manobra mesmo isso??? hahaha

Bom, galera, acho que tá rolando muita discussão em cima de algo que não tem que ser discutido. Em primeiro lugar, QUEM JULGOU MAL E PREJUDICOU OUTRAS PESSOAS NÃO FOI NINGUÉM DE PETRÓPOLIS!

E galera, eu não coloquei o nome da cidade em nenhuma linha do blog nem do youtube, então porque o caso todo?

Esse é um blog onde eu exponho minhas opiniões. Vendo toda aquela confusão no dia, a total falta de organização, a confusão, os comentários como "morre filho da puta", o julgamento que foi injusto (mesmo o Vitinho tendo ganhado até no grito) e um forte localismo (preferenciando os locais em todos os games, ao meu ver) eu decidi colocar aqui o que o dia representou pra mim.

Isso pra mim foi mais forte do que a estadia muito bem vinda e a diversão do dia anterior que foi foda. Por esses únicos motivos omiti o nome da cidade, e pelo respeito que tenho pela galera que tava lá e que só nos demonstrou amizade.

Tenho amigos pra caralho que fiz através do skate e quando acho que eles fizeram alguma coisa errada, ao meu ver, eu chego e falo. Porque eu acho que é isso que soma. A discussão sadia. Agora eu simplesmente acho que não há motivos pra toda essa revolta. Acho que tinha que rolar de certas pessoas pararem pra olhar pra si mesmos, enxergar os erros e tentar conserta-los.

Eduardo Stuart disse...

O que significa parafasiano? Não seria parafraseando? E acho que seria skate=amizade ao invés de skate+amizade...

Eduardo Stuart disse...

E cara, dá pra NÃO ser amigo e ser skatista! É só chamar uma galera pra tua cidade, organizar um champ com a inscrição deles, tentar de tudo pra nenhum deles ganhar e depois de ver que não teve jeito, tentar não dar a premiação!!! Facinho!!!
Você vai ter sido skatista, mas amigo eu acho que não...

Gregori Alecrim disse...

Gasolina para chegar a Três Rios:R$ 40,00 reais...
Salgados de padaria:R$ 1,80 cada...
Chopp no Beira Rio:R$1,50 o Refil
Cheeseeggbaconfranco bolado:R$9,00 reais.
Inscrição pro game:R$10,00 reais por pessoa...
Comer a PIOR Coxinha da minha vida em frente a quadra:R$2,00
3 pessoas contando as letras do game e errando: não tem preço
Presenciar o amigo voltando uma manobra style e ficando feliz pra caralho msm sendo tirado: Não tem preço!
Me sentir com 15 anos perdendo tempo pra escrever essa merda: não tem preço!

Pra isso existe SSFL onde você fala/faz o que não deve e escuta o que não quer!
Já rendeu heim!
Vamo ver se bate 30?

Gregori Alecrim disse...

Também acho que o skate tinha que vir junto da palavra amizade mas não antes dela, a razão do skate ser uma cultura complexa é justamente o fato de ele ser tão coletivo na sua individualidade... o que não pode nunca acontecer é ele se manter individual dentro da sua coletividade.
Até agora o pivô da discussão tem sido manobras voltadas ou não, letras perdidas ou ganhas,julgamento ou ausência dele, premiações e/ou asência dela, como se só isso tivesse feito aquele fim de tarde traumático... e em nenhum momento li algo relativo a amizades que podem ser perdidas, aprendizados que podem mudar a forma de se fazer as coisas, oportunidades de se conhecer novas pessoas, rolés em cidades diferentes, intercâmbio, troca de conhecimento.
Isso ai acho que ninguém ta ligando...porque no fundo todo mundo quer ser respeitado pelo skate que tem no pé e não pelas ideias que tem na cabeça...se a raiz da revolta foi meu comentário eu mudo aqui o sentido deles:
Acho que vocês tem toda a garra pra serem skatistas competitivos, mas quando os anos passarem e os frutos dessa correria não vierem só vai restar o skate por diversão,e o que torna dele motivo de orgulho pra quem anda é o RESPEITO que você ganhou ao longo da sua trajetória em cima do carrinho, e os amigos conquistados através dele.
As manobras vão sumir, as memorias ruins também, mas as frustrações pelas escolhas erradas ficam eternamente...Respeito é pra quem respeita, respeito é pra quem tem...
Encerro aqui meus comentários.

angelo disse...

voce nao foi nada ironico quando disse da minha manobra.hahaha
mais ae que se dane, nao to aqui pra moldar rolé pra voce .o importante é eu saber o valor que minhas manobras tem pra mim ...
Aqui acho que essa palhaçada de ficar descutindo pela web nao levar a nada.
isso so ta deixando mais inimizade.
essa é minha deixa!!

Paz ,skate pra todos ...

Eduardo Stuart disse...

Angelo, eu juro que eu nunca ouvi falar em hospital flip!!! Me explica aí que que é isso!!! Eu lembro de ter visto o finger flip e nollie heel de um cara lá, um flip e acho que um pop shovit também de um menorzinho, um pop shovit tail grab do Febem, o hard do Vitinho... acho que só. Mas sério, nunca vi hospital flip!

angelo disse...

o hospital flip é parecido com o casper .
nesse video mostra a diferença entre as duas ...
http://www.youtube.com/watch?v=JpLapTNc88E

Pequeno disse...

Andemos Skate!
apenas isso!
pelo simples amor!
Somo da mesma tribo
não devemos ficar discutindo!
erros no champ foram cometidos,confesso,
mas acontece!
mas no proximo não ocorreram
erros,como da ultima vez
a parada é somar conhecimento,
amizades e andar de skate

Encerro por aqui
todo atrito do champ do dia 7 de março.
Skate + amiza ou skate = amizade
a questão é
se somos skater,devemos ser amigos
e ponto final.
Abraços a todos skater´s!
Paz e fé em DEUS.

Eduardo Stuart disse...

Concordo. E continuemos citando os erros e acertos que rolam no skate, pra que possamos elevar o nível e a amizade envolvidos.

Croque disse...

Ai eu sei manda hospital flip no tony hawk :)
HAHAHAHHAH Vamo anda ai.

Yuri disse...

"3 pessoas contando as letras do game e errando: não tem preço."

KKKKKKKKKKKKK !!

Cotinz disse...

a parada do campeonato foi bem bizarro mesmo, mas nao acho que tenham feito isso por dinheiro, acho que foi bem mais uma questão de "localismo" que dinheiro ou fama,assi como vcs ficam defendendo Petropolis, os caras tentaram defender a area deles...ainda sim, muito escroto oque rolou.

Isso de "não gosto do skate mainstream" achei meio exagero, c voce conhecese metade desses caras que saem na midia especializada, ia ver que os caras são tão skate no coração quanto qqr cara que trabalha e anda nos finais de semana, ou ate mais, pq nego formado se submete a ganhar menos que um salario minimo soh pra poder passar todo dia, o dia inteiro andando de skate.esse mlks que tentam fama e dinheiro nunca dao muito certo mesmo, mas caras que nem o chupeta, que eh totalemnte mainstream, ja passou por muita merda pra ta onde ele ta hj, SOH andando de skate, com 33 anos e amando cada minuto.O Luan mesmo, que e um dos Brasileiros com mais exposição na midia mundial eh com certeza uma das pessoas que mais ama skate que existem.se ele perdese TUDO que ganhou com o skate, ia arranjar um trampo de meio periodo, so pra conseguir pagar um aluguel, e andar o resto do tempo todo de skate.
Tem sim um monte de muleque querendo ganhr dinheiro com skate, mas eh muito mais facil arranjar um trampo numa loja e ganhar o dobro doque o skte paga, acho que eles tentam dinheiro no skate pra poder continuar andando mais.
Acho que so pq alguem ganha dinheiro com uma coisa, ama menos do que quem nao ganha.

ps. nunca ganhei um real de nenhum patrocinio,muito menos fazendo o antihorario, e sai dum emprego que qqr um da minha area quer, so pra poderaandar mais de skate.



ainda sim tem uns textos muito legais no blog hahahha

Eduardo Stuart disse...

Cara, condordo com o que você disse. Na real, eu não acho que só porque o cara ganha dinheiro com o skate que ele não ama o skate. Acho que tem de tudo, inclusive o cara que pode ganhar mó grana com o skate e amar o skate mais que eu. Só que eu acho que esse lance "mainstream" do skate traz uma galera que busca um reconhecimento, não necessariamente dinheiro. Tipo, me parece que fica de lado a parada legal do skate, de andar porque se amarra muito. O cara fica buscando um resultado saca? Mesmo que seja ter moral entre os amigos, sei lá. E quanto a esse lance que rolou ai, também acho que foi 100% localismo. Só que eu sou extremamente contra isso e acho que por mais localista que o cara seja, ele tem que ser honesto. Localismo rola, desonestidade não deveria rolar. Só achei escroto os caras boicotarem a galera da nossa cidade. Aqui já rolaram vários champs que vinha uma cabeçada do Rio e os caras ganhavam simplesmente porque andavam mais. Só isso. Eu nunca vou achar certo um cara se beneficiar num campeonato porque ele é da mesma cidade do juiz, ou porque é amigo dele. Se tá correndo e ganha, e porque andou mais que todo mundo que tava ali. E porra cara, eu também tô a uma cara me dedicando a andar de skate e deixando de lado oportunidades de ganhar grana pra poder andar mais. Nem precisa falar disso comigo porque é exatemente disso que eu sinto falta por aqui. Mas valeu o comentário, a galera daqui curtiu teus vídeos pra caralho.