terça-feira, 5 de maio de 2009

Manifesto Petrópolis

A gente não sabe lidar com política. A gente não sabe lidar com políticos. A gente não sabe lidar com burocracia. A gente não sabe atrair investidores. A gente não sabe como fazer uma mão lavar a outra e a gente não sabe mais o que fazer. O que a gente sabe é o seguinte: a gente pratica a porra do skate a anos, já gastou dinheiro pra caralho nessa merda (vocês não fazem idéia de quanto), tomou dura da polícia pra cacete, aguentou desaforo de uma porrada de "cidadãos", já se sentiu um lixo por não ser respeitado e nunca teve nada, NADA, em troca a não ser a satisfação de andar de skate.
MAS ISSO TEM QUE ACABAR!
Uma das maneiras que eu, Eduardo de Mazza Pessanha (vulgo Stuart), posso contribuir é fazendo uma coisa pelo qual estou ficando internacionalmente (?) conhecido: escrever um blog. Pode não ser nada, eu sei. Mas a gente precisa tentar com o que tem. É por isso que criei mais um blog, com o intuito de conscientizar a população da nossa pacata cidade e divulgar as idéias e projetos que temos. O nome dele é Manifesto Petrópolis. Cara, pode parecer coisa dos anos 80, mas espero que as pessoas entendam que não somos maconheiros, cheiradores, drogados, vagabundos e delinquentes. Pelo contrário: tá todo mundo na correria do dia-a-dia, igualzinho a todo mundo, tentando fazer o possível pra levar uma vida digna. Mas quando os órgãos públicos nos negam a única coisa que pedimos, que é um local DECENTE pra andarmos de skate, eles nos desanimam de tentar fazer sempre a coisa certa. E mesmo assim é o que estamos tentando fazer: A COISA CERTA! Espero também que vejam o quão ridículo é o preço da construção de algo razoável para nós e o quão vantajoso será o retorno que a comunidade terá com isso (se forem respeitadas os mínimos padrões de construção e manutenção.
O Skate Sem Fins Lucrativos vai continuar falando as merdas que não poderão ser ditas no Manifesto, porque essa é a essência do blog e é essa a maneira que encontro de levar adiante uma situação que não me agrada nem um pouco. Em breve retornarei com algum conteúdo horripilante e, enquanto isso, confiram o http://manifestopetropolis.blogspot.com e ajudem-nos como for possível.
PS: Um agradecimento aos dois únicos petropolitanos que valorizaram o SSFL, tornando-se seguidores do blog: CROQUE E BIG MILK!!! Eu sei que não sou muito amigável com vocês no rolé diário, mas prometo que vou me conter em gratidão à atitude de vocês! VALEU MESMO GALERA!!!
Um abraço a todos, piroca no cú dos paulistinhas arrombados que só entram aqui pra azucrinar e um aviso a todos: VAMOS CONTINUAR ANDANDO DE SKATE COM OU SEM LUGAR, COM OU SEM LOJA, COM OU SEM APOIO, ODIADOS OU AMADOS! SKATE PRA SEMPRE!!!

7 comentários:

Croque disse...

NOIZE FDPPPP!
tamos ae pa ajuda!

Thiago "gorgon" disse...

Gostei da parte em vermelho no texto!

JONY disse...

Stuart, meu caro...
em 1º lugar o skatista deve ser respeitado pq ele é um cidadão como outro qualquer.
em 2º lugar deve ser respeitado o praticante de um esporte que já é reconhecido mundialmente e um dos mais praticados no Brasil.
e em 3º lugar por todas as vantagens (que vc citou)que a prática esportiva proporcional, entre elas saúde e sociabilidade.

Acho ainda que o esforço para se conseguir uma quadra com rampa reta e palquinho é o mesmo esforço e energia para se conseguir um SMP Skatepark igual da China, portanto, não se contentem com pouco, não peçam esmolas, com a liberdade da palavra "que enfiem PLAZAS no CU", pq a grana de um PLAZA eles gastam por mês jogando fora.

Sinceramente, pra andar em "Poor Plaza", se anda na D´angelo e antiga prefeitura sem maiores estresses.

Não vou falar q antigamente era assim ou assado, foda-se antigamente, já passou. Esqueçam essa porra! E esqueçam o ontem de vc´s, o rolé de ontem...o flip, o manual, e etc...pensem no flip, manual e o rolé de hoje!
O hoje significa novos terrenos e obstáculos, mais velô, mais altura, mais EMOÇÃO. Skate é emoção, vc anda pq a maldita manobra q vc acerta mexe com sua cabeça e seu coração, liberando uma droga em seu organismo que te causa o bem estar. Dizem os médicos que é a mesma coisa que se sente quando está apaixonado ou se come um chocolate...hump...vai saber como descobriram isso, mas...o skate mexe com vc, e muito!
O flip do chão vai pra parede, pra transição, o ollie subindo o palquinho sobe a mesa, a velô pra subir um degrau tem que acelerar pra subir cinco...e por aí vai a evolução.
Não acho que vc´s mereçam andar no reto, palquinho e degrauzinho, não mesmo!

A briga que vc e seus amigos tão querendo encarar é braba e das boas, mas se não vou "pra meter porrada em todo mundo e ficarem como os reis do pedaço", eu humilde e sinceramente, acho que não vale se estressar.

Outro ponto:
Skate é coisa de vagabundo "sim" se quem tá andando de skate tá tocando o zaralho e fazendo baderna.
- "Quem com porco se mistura, farelo come".
Tem gente que não anda de skate ou nem skatista é: faz cena, faz modinha, faz estilo e brinca de skate como qualquer criança brinca.
...
Todo mundo um dia dá mole, vacila, pisa na bola...mas tem gente que faz isso sempre e esse sempre queima o filme.
Pra ser respeitado, tem que respeitar. É recíproco!
Se não te respeitam, não respeite também, mas faça isso com argumentos e educação pra ter sempre a razão.

É isso!
Estou à disposição se precisar de algo.
Abraços,
Jony

SP GANJA FUMA! disse...

po fumo maconha pacarai...

JONY disse...

Stuart,
vc viu o Diário de Petrópolis que saiu ontem?
Olha onde os skatistas estão e junto com quem:
http://img10.imageshack.us/img10/1127/skatistas.jpg

maria disse...

Olá tb quero manifestar-me nesse espaço - parace-me democrático, e percebi que há diversos skatista daqui.

Tenho procurado incansavelmente locais apropriados ( até pq o que dizem que é espaço destinado à skatistas, não passa de mera lixeira a céu aberto), e pela quantidade de pessoas que praticam esse esporte apenas 1 LOCAL CONSTRUÍDO pela PMP é ridículo até mesmo para propaganda de incentivo ao esporte.

O que me troxe ao seu blog foi a procura para alguém que oriente meu filho de 12 anos, o qual adora skate e já pratica o que vê em tv.
Procuro um professor, orientador, sei lá...alguém que possa lhe ensinar não somente as manobras, mas também o nome delas.

Pode ser até vc, quem sabe... uma graninha sempre é bom,rsrsrs

Lerei sua resposta em breve, seu blog já está em meus favoritos.

Yuri disse...

Essa parada ai Stuart! Com ou sem apoio , a galera vai andar de skate pra sempre. PORRA !!