quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Eu nasci, a dez mil anos atrás...

Acho que quem não mora em Petrópolis não faz idéia de como a "cena" do skate aqui é podre. Acho não, tenho certeza. Mas com certeza, quando eu comecei a andar, a uns 12 anos atrás, tudo era muito pior. Menos por um fator cruscial ao skateboard: a diversão. Naquela época, eu não fazia a mínima idéia do que era o skateboard; nenhuma mesmo. Nunca tinha visto ninguém andando (fora meus dois irmãos que desciam ladeiras sentados quando eram crianças), nunca tinha assistido nenhum vídeo, nunca tinha visto o skate como ele realmente é. Mas era divertido pra caralho!!!


Um amigo meu, que começou a andar junto comigo, me disse um dia que tinha conhecido uns skatistas da cidade que mandavam umas manobras e que tinha marcado de andar com eles na catedral (http://www.pcvb.com.br/fotos-grande-cidade/catedral2.jpg). Nessa época já tinha uma noção muito tosca do que era um ollie, e só. Eu juro: só!!! Quando a gente chegou lá, eu tive o que eu chamo de primeiro contato real com o skate. Foi um dos dias mais fodas que eu já tive na minha vida em cima do carrinho! A galera pulava uns bueiros de ollie, de variações de 180 e até alguns shovits. E um desses caras mandou uma parada que fazia o skate girar ao redor dele mesmo! Puta que o pariu, caralho!!! Fiquei tão empolgado que só pensava em fazer aquilo também, mas não tinha noção de como. Esse cara que mandou o flip era conhecido como Chapolin e a galera que andava com ele era composta pelo Mauro, Chewbacca e Nicholas. Os caras foram receptivos pra caralho, gente fina ao extremo e se divertiam como nunca antes tinha visto alguém se divertir (sem um aditivo, é lógico).


Talvez quase um ano após isso, tive meu segundo contato real com o skate ao assistir meu primeiro vídeo de skate. Aí fudeu maluco! Aí eu ví que a parada era muito mais sinistra do que eu pensava e conhecia!!! O vídeo era o Damage, da marca americana Think (por falar nisso, o próprio Chapolin me travou esse vídeo, viado!). Nenhum filme pornô porradão me instigou mais do que o Damage cara, na boa. Dá um confere na parte do Dan Drehobl boladão no youtube ao som de Dead Kennedys(http://www.youtube.com/watch?v=ucwM5U0qG6k&feature=related).


Os anos se passaram, a galera foi parando e a gente que continuou ficou com aquela nostalgia clássica de quem já anda a algum tempo. Os personagens foram mudando, outra galera começou a andar, quizumbas apareceram mas a diversão continuou, mesmo que não estando em alto grau como era na companhia desses porra-loucas...




Semana passada, o rolézinho noturno na Câmara Municipal corria bem, como de costume. A galera tavam andando, se esforçando pra mandar algumas manobras no caninho e o nosso amigo Chapolin apareceu pra dar um rolézinho revival com a galera. Eu tava tentando neste exato momento descer o caninho de backside feeble quando chega o cara e manda essa:

Frontside bluntslide, Chapolin 2007.




Obs: Acho que vou ficar uns anos sem andar pra ver se aprendo umas novas, na moral...

4 comentários:

Campagnoli disse...

Old school: Old is cool.

shadow disse...

Ohayou \._.
po o inicio do post me fez lembrar de quando eu comecei a andar e tal...onde tudo era novo e divertido pakas apesar de ter seus altos e baixos...kda dia era algo novo...(ñ vou contah a história neh hohoho ._.) como vc falou "nunca tinha visto o skate como ele realmente é. Mas era divertido pra caralho!!!"

aí...a foto ficou duka...

Crim disse...

É realmente respeito esses caras, acho que tudo que lembro de mais foda nesses 10 anos ta relacionado a eles!
E chapo na boa o cara ta no msm gás de antes vai toma no cÚ!

roZé disse...

poooo até me deu uma nostalgia do tempo q eu era mulekinho jagunção no board, q num sabia nem do realmente se tratava...
Mas esse maluco aí representa old skull de Petrópolis intão...style!
assim como tem nego q pára de andar, tem nego q é 4 ever mano, jah era neguinho tah dominado pelo carrinho! num tem caô! hehe

abraço pra geral ae!