sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Conhecimento gera aborrecimento.

Lembro-me da época que comecei andar de skate. Sinceramente, eu era um molequinho que conhecia só os skatistas do jogo Tony Hawk e uns outros poucos nacionais. Não conhecia nenhum skatista da cidade, eramos só eu e mais dois outros amiguinhos. E, pelo que me recordo, nessa época, eu evoluia muito. Toda semana aprendia algumas manobrinhas. Eu não assistia esses vídeos gringos sinistrões nem tava muito por dentro das novidades do mundo do skate. Era alienadão, mesmo.

Hoje em dia, parece ser diferente. Eu vejo muito vídeo, leio muitas notícias, mas não evoluo nem sou tão animado quanto antigamente.
Poderia dizer que isso se deve à uma fase crítica que a cidade passa no skate. Mas acho que não. Até porque antes eu andava com esses meus dois coleguinhas num espaço mínimo com um caninho e um crubzinho tosco. Acho que isso acontece mesmo porque a gente pensa muito pra andar, pensa em estilo e todas essas babozeiras. Precisamos é deixar de criar várias teorias dos porquês das coisas. Vamos andar de skate por andar.

Acho que é isso. Sei lá, posta aí nos coments pra gente ver a opinião de quem lê o SSFL!

5 comentários:

Gregori Alecrim disse...

cara tu em 2 paragrafos mini resumiu tudo q eu acho sobre andar de skate...
a parada é simples , andar por diversão e sair pra andar onde for e zua com os camaradas, pensar muito aqui na cidade só te faz querer parar...a cidade é essa parada, skate aqui é uma brincadeira num tem como querer andar pra caralho a parada num te da opção, lembro q antes a galera andava no marowill,depois na ruazinha ate na gaiola neguim ja andou...hoje eu acho q tem muito mais coisa doq antes e a gente é muito mais desanimado.
Agente é o skate se agente ta podre o skate vai ser podre...
bora andar por andar só andar o resto é lucro!

Stuart disse...

Cara, eu sou um cara que quando paro de fazer qualquer coisa começo a pensar em milhares de coisas. Não podia ser diferente com skate. Me amarro em viajar sobre tudo relativo ao skate.
Mesmo assim, preferiria milhões de vezes estar andando ao invés de ficar pensando merda. Acontece que eu moro em Petrópolis. Em Petrópolis as pessoas preferem conversar pelo messenger do que andar 100 metros pra ir visitar o amigo. Em Petrópolis os skatistas só andam à noite, coisa que eu ODEIO. Em Petrópolis, não existe mais caninho, áreazinha lisa pra andar nem porra nenhuma; só o cinzerão e o Big L (zica 4 ever). Em Petrópolis não tem loja de skate. Em Petrópolis o skate não tem renovação; são sempre os mesmos macacos-velhos de sempre andando e mandando as mesmas manobras. Em Petrópolis a galera não tem grana pra dividir de montar um curb, ou fazer uma trip, ou de reformar um pico. Em Petrópolis você tenta uma vez, perde. Tenta duas, perde. Tenta 3, perde. Até que desiste. Em Petrópolis não existe um skatista animado o suficiente pra sair da inércia e resolver fazer alguma coisa. E mesmo assim, mesmo andando a 11 anos resistindo à toda essa podridão, eu continuo indo andar de skate, na esperança (em vão) de que um dia as coisas vão ser como eram antes, ou como eu imaginava que eram.
Então acho que após tomar uma coça da realidade skatística local, acho que desabafar num blog de merda é a única solução...
Porque na boa, uma coisa é você passar 1 ano andando num curbzinho de madeira no chão. Outra coisa são 11...
A gente também tem que evoluir o cérebro!!!
Puts, fundí o meu...

shadow disse...

Sei lá...oq tu disse po..já ateh falei com o Gregori Varias e varias vezes no msn...já debatemos sobre isso pra caraca...
isso de ficar rotulando e subdividindo no sk8 nao devia existir...ahh sei lah o stuart falou muito e eu tava com um alto comentario...e só de ler o comentario pequeno dele eu eskecí oq ia falar ¬¬'' mal aí ^^''

mais po....rolé sempre!!!

jao disse...

dae gregori, eu so o jao da comu do josh kalis. :D

entao, caraio.. me identifiquei mto com esse texto. essas parada de rotulo tem td a ver.

todos os dias eu tento por na minha cabeça que eu vo andar pra mim. sem ligar pra oq os otros digam..

mais eh foda.. sempre entra essas coisas. por exemplo
vc volta uma manobra e ela nao sai na base. vc vai ficar tentando ateh ela sair PERFEITA. igual os caras fazem nos videos e pah

tbm rola aquelas coisa de achar "manobra feia". só pq ela nao eh mto usada vc acaba excluindo ela.. as vezes ja era pra vc tar mandando e vc nao manda pq acha feia. :\

eu evoluia MTO mais na epoca q eu comecei a andar. sei la se era pq eu nao andava nada ou se era pq o skate era puro. eu andava com dois amigoes meus. a gente tava apenas descobrindo o prazer de anda de skate, nao ligava pra nada.. só queriamos andar andar e andar.. eu sinto falta dessas coisas. :|

hj em dia eu saio pra andar e nao tenho mais aquele "apetite" q eu tinha antes.. talvez seja pq eu vejo mtos videos e tal, eu olho pra tdas as pessoas q eu me espelho e vejo uma copia dos videos gringos.

oq eu mais mordo é q msm q eu quera eh foda andar sem se preocupar. eu acabo caindo nessa rotina tbm sem perceber :/


mano, isso eh estranho d+, mais eh igual com mtas coisas na vida. vc começa na inocencia.. nao sabe direito oq ta fazendo. ai dps q vc conhece oq ta fazendo.. parece q desanima.

sei la se vcs vao entender oq eu disse SAJEAJSIDSD mais vejam ae se vcs se identificam tbm.

ah, e mal por ter postado tao dps. eh q eu conheço esse blog a poco tempo.

Paz

Gregori Alecrim disse...

eu to ligadu nessa parada...
acho q msm não qurendo vc passa a se cobrar e faz do skate meio q uma obrigação do tipo "ter" q anda manero...
sempre q eu fico com esse pensamento a parada mia,o rolé fica pesado...eu deixo de me divertir...
mas eu tb admito w não consigo largar no foda-se totalmente...
sei la mané to com 25 anos na carcaça,cascudão e ainda ando de skate,gasto dinheiro com essa porra grana q as vezes nem tenho pra gastar , acho q é por isso q eu chego no pico e fico q nem um taradão do skate andando sem parar tentando as paradas...eu penso q se fosse pra eu ficar de putaria era melhor ta em ksa estudando...sei la tb...eu me divirto tentando as paradas. as vezes fico o dia inteiro pra dar uma manobra q eu curto as vezes ate uma semana tentando,mas a sensação de acertar a parada depois do esforço é oq me diverte... cada um é um...
acho q a parada do skate é muito pessoal cada tem uma forma de se divertir e ate msm de ver o skate...
mas realmente o gás de quando vc começa a andar é totalmente diferente do q eu tenho hoje!
isso é indiscutivel...
acho q o duda mandou muito no titulo pq quanto mais vc vai conhecendo as paradas vai vendo q num era perfeito como vc imaginava ,vai vendo q tem falhas como em tudo na vida...é foda!
podia ser mais simples,mas sempre tem varias paradas nas lacunas...
ai vc tenta preecher essas paradas e acaba piorando...a parada era pra ser facil...chega pra andar e só andar...mas existem varias paradas paralelas envolvidas, acho q esse bloqueio q me fode...e ta andando pensando em outras coisas...
por isso q eu tenho tentado chegar no pico e pensar em andar tipo ligar o desbloqueio e aproveitar a unica parada q ainda num ta me cobrando nada na vida uhauha
é isso...
viajem a parte é saparada memo!
paz!